Marina Paixão

ENTÃO VAMOS COMEÇAR PELA FAMÍLIA!

ESSAS SÃO MINHAS IRMÃS!

Jessiquinha de 27 anos e Fernandinha de 31 anos. Sou a caçula com 21!

A Jéssica é meiga e delicada, cuida de tudo e todos como muito carinho e nos deu a Laikinha de presente ( próximos posts). Hoje ela não mora mais comigo, mas dividíamos o mesmo quarto ( e juntávamos as camas também) e era série todo dia, filme todo dia, muita comida todo dia.

 

A Fernanda é bem espivitada, autêntica, tem personalidade forte e sempre corre atrás do que quer. Hoje ela está morando no Rio e apesar de estarmos longe, fico muito feliz por ver ela sendo feliz. Ela é outra que move montanhas pra servir as pessoas (acho que é de família!)

THATS MY MOM, SIMONE!

Uma moça forte, destemida (ela não sabe, mas é), talentosa e dedicada. O tamanho do seu coração e do seu amor são expressos por meio do seu serviço. Poucos servem as pessoas como ela faz e o incrível é que nem por um segundo ela espera algo em troca. As vezes eu fico brava com ela porque ela me mima e me protege excessivamente quando deveria me deixar criar mais asas, mas no fundo eu sei que é apenas a forma dela de ser mãe!

THATS MY DAD, RONALDO!

Dentre suas qualidades, a que mais me chama atenção por expressar muito bem a pessoa de Cristo, é sua mansidão. Ele é calmo, pacificador, sereno e ama ouvir as pessoas. Uma vez ouvi que a nossa relação era bem parecida com a história de José (quem não conhece, leia!!!). Ele é sempre o primeiro a ouvir e acreditar nos meus sonhos e no que Deus tem pra minha vida, sempre me incentivando a ir atrás deles.

Ele ama estar entre amigos e família e não pensa duas vezes em ajudar e se dispor.

ESSA É A LAIKA!

Quem me conhece certamente conhece a Laika muito bem. Ela é nosso bebê que trouxe muita alegria e amor pra nossa casa. As vezes até esquecemos que ela não é gente!

 

NOSSA CÉLULA

Há mais ou menos 2 anos, iniciamos uma célula na casa da vovó (que hoje já está com o Senhor)mãe do meu pai e foi um desejo inicial que partiu dela. Ela queria nos reunir mais durante a semana e buscar a Deus junto com a família! Nas primeiras duas semanas, eu ainda não tinha ido e na semana seguinte as minhas tias me convidaram para pregar. A partir dali, toda semana comecei a compartilhar a palavra com eles. Eu ainda era meio tímida e tinha muita vergonha, mas topei o desafio e toda semana estávamos lá! A família foi crescendo e foi/tem sido um tempo muito gostoso! Ter comunhão com Deus em família é uma dádiva! Eu não nasci em um lar cristão e isso me fez falta a vida inteira, então essa célula foi um refrigério para o meu coração! A vovó teve a oportunidade de estar mais perto de Jesus antes de partir e crescemos e aprendemos tanto!

Na semana passada, a Renatinha (minha prima) e o Renatinho entregaram os convites de casamento na célula e foi tão gostoso lembrar que há um ano atrás estávamos juntos profetizando e intercedendo sobre o casamento e a vida deles naquela mesma célula, quando eles ainda nem eram noivos. Deus é bom demais!

Se eu pudesse falar algo para quem tem família cristã, eu diria: valorize cada momento, cada oração, cada aconselhamento, cada repreensão, cada NÃO, cada SIM, cada momento de leitura da bíblia. É muito difícil a gente dar valor quando tem, mas quem não tem ou acaba perdendo, percebe quanto tempo foi perdido…

Se eu pudesse falar algo para quem não nasceu em um lar cristão como eu, poderia te dizer: Não se preocupe, continue intercedendo por eles, amando eles, cuidando deles em oração. Não pare de acreditar e de lutar por eles. Você pode sentir falta de algumas coisas, hábitos e momentos hoje em casa, e Deus pode transformá-los sim, mas ainda que isso não aconteça, esteja certo de que Ele é soberano e te dará um futuro marido/esposa e filhos que vão incendiar o mundo e o seu lar será conhecido como casa de oração e firmado nos princípios e valores do reino, do jeito que você imagina.

 

Cuide da sua família! AME a sua família!