Marina Paixão

VOCÊ PRECISA PRODUZIR

Durante os meus longos dias de “férias” em casa no mês de Março/2020, a minha mente falava constantemente “você precisa produzir”. As redes sociais falavam “aproveite para produzir”. O Espírito Santo falava “respeita o que você está sentindo agora, entenda e controle suas emoções antes de pensar em fazer qualquer coisa. De que adianta criar algo no desespero e na fadiga, se não terá valor?”

Estamos cercados de conteúdo na internet. Todo mundo quer ser reconhecido, criar algo incrível e está tudo bem, afinal, fomos chamados para criar e expressar quem somos para o mundo. Contudo, o que temos gerado é saudável? Tem valor? É o que deveríamos estar fazendo ou é só porque vivemos em uma sociedade que nos diz que só seremos relevantes se produzirmos 100% do nosso tempo?

Não é o que eu faço, mas por que faço o que faço? Qual a finalidade dos meus sonhos? Se a resposta para esses questionamentos não chegar em “pessoas”, seremos só mais uma seguindo a multidão.

Depois de me sentir sufocada por tanto conteúdo, prometi a mim mesma que não pegaria meu computador sem passar longos dias refletindo e orando até chegar a conclusão de que tenho a motivação certa e estou saudável de mente, corpo e espírito para pensar em alguma coisa.

Quando você coloca o fazer antes do ser, há grandes chances do tempo passar e você perceber que está andando em círculos. A insatisfação vai te dar dois amigos; ansiedade e depressão. Essa é a nossa sociedade: doente, amargurada e cheia de arrependimentos. “Ah se eu pudesse voltar atrás, teria feito tudo diferente. Agora é tarde.” Bem, não é tarde. Para os jovens, o tempo é uma dádiva, o nosso amigo. Para os mais velhos, é sempre tempo de reconstruir. Quem disse que é tarde????
A minha oração é para que a nossa motivação esteja sempre no lugar certo. A nossa árvore foi criada para produzir frutos singulares, não podres! Se preciso, que a gente então arranque a raiz e recomece. Mas que a gente faça a coisa certa e não pare até conseguir.